sábado, 26 de abril de 2008

EU LHE DESEJO UM SOL DIFERENTE... Que apesar de todas as dificuldades, apesar de algumas tristezas que insistem, que mesmo com essa montanha erguida, o sol possa ser seu presente mais doce. Desejo ao seu coração o querer que ele quer. Que nas palavras que ele sussurra dentro do seu peito, sejam ouvidas aquelas que têm sabor de liberdade. Que você esteja atento para o sopro da sua vontade real, e jamais desista dos seus passos em direção à verdade. Desejo que sua percepção acorde mais plena no calor de um sol novo e renovador. Que ele lhe encoraje às atitudes que estão querendo respirar. Aquelas que sempre são substituídas, Aquelas que não se arrojam por ter os pesos de conceitos por demais antigos. Desejo que você aceite seu tempo, seja ele qual for. Que sinta serenidade na espera necessária para que a semente plantada brote no tempo certo. Desejo então que sua flor seja inteira, e mesmo que inicialmente pequena e frágil, ela lhe traga as luzes de uma estrada azul. Que sua sabedoria esteja desperta aguardando com tranqüilidade o desabrochar da sua flor. Em paz, em cadência ritmada com o aprendizado que vem chegando. Em mais suaves permissões a você. Em muito mais reconhecimento da sua coragem. Desejo a você um sol diferente. Espalhando seu sorriso pela densidade das nuvens, simplificando o aspecto complicado de alguns momentos e mostrando-lhe a fonte essencial para sua sede. Desejo que a cada instante você desnude mais seu coração e deixe que nele vibre em tom maior: O AMOR. O amor na sua expressão mais simples. Que não mede, não faz contas e que tem o poder de lhe erguer acima de todas as montanhas escuras. ******************************************************* APRENDENDO Aþrєηđα α liđαr cσм αs đificµlđαđєs    sєм þєrđєr α єsþєrαηçα  ηãσ đєixє σs þrσвlємαs sєrєм мαiσrєs    qµє α тrαηqüiliđαđє.  Sєм þαz ηαđα sє rєsσlvє    þαrє, мєđiтє є rєsσlvα µм α µм.  đєþσis đά µмα σlhαđα ησ gαвαriтσ đα αlмα...    єrrσµ αlgµмαs cσisαs?  αiηđα тєм σµтrαs σþσrтµηiđαđєs    ηãσ мαrqµє αs rєsþσsтαs đσ cσrαçãσ  cσмσ sє fσssє lσтєriα...    ηãσ sαвє αs rєsþσsтαs?  єsтµđє sєµ cσмþσrтαмєηтσ є єηcσηтrαrά    αs sσlµçõєs!  Sαвєr vivєr έ µмα αrтє,    є vivєr έ єsтαr ρrєsєηтє α    cαđα iηsтαηтє đα viđα, sєм єsρєrαr σ      αмαηћã ραrα rєαlizαr σ qµє đєsejα.    Vivα iηтєηsαмєηтє σ ћσjє.    sєjα cσмσ αs σηdαs dσ мαя,, quє мєsмσ quєвяαηdσ cσηtяα σs σвstáculσs, єηcσηtяαм fσяçα pαяα яєcσмєçαя.